Avançar para o conteúdo principal

"Para Ler" Love Sick

Beth is an absolute wreck. She is certain that she has some kind of disease — a fatal one, most likely. She is also very single and quite keen on her (boss) colleague, Dr Brendan Roberts. He seems to fancy her, too — well, until The Morning After. Beth knows it’s time to sort out her messy life, but she has no idea where to start.
Enter Shane — a slightly disheveled forklift driver. He may not be suave or wealthy, but he does laugh at Beth’s jokes and remember how she likes her coffee. Plus, the more they hang out, the healthier she feels.
But when Shane suddenly cuts off all communication, Beth starts to think there’s no such thing as The One, and she decides to stop being slapdash and move on. Only life is never that simple, and Beth must take a chance if she hopes to find the cure to her ills.
Lovesick is a big-hearted romance about getting sick, getting better and taking risks.

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Leituras de" Março

Ao contrário de Janeiro, Março começou mal com a leitura, ou desistência dela, de um livro sobre Ninfas.

Mas depois foi melhorando aos poucos. O que melhorou também foi o número de leituras, já que li mais que Janeiro e Fevereiro juntos. Mas tudo graças a Abbi Glines e a Colleen Hoover. Foi um mês de leituras fiéis a escritoras, onde me dediquei a elas.

Abbi Glines continua a fazer as minhas delícias mas ainda estou com esperanças de ler um de Colleen Hoover que me faça dar-lhe 5* e me conquiste a 100%.

As opiniões estão quase em dia, mas estou a deixar algumas para trás. Espero não me arrepender.


"No Momento em Português" Promete-me

Elizabeth Collins tinha tudo o que sempre sonhou. O emprego para o qual estudou, uma família que a adorava e um namorado que a amava. Foi com o pensamento de um futuro promissor, que o mundo da Beth desabou aos seus pés. Ela foi raptada, torturada e violada por 7 longos anos. Levada para um mundo de terror e sofrimento, foi forçada a anos de cativo, sem esperança. Mesmo tendo encontrado a sua liberdade, estará ela realmente livre? Irá ela conseguir viver num mundo onde os monstros de verdade existem? Ou será que o Alec Brenner a conseguirá salvar de seus demónios? Uma promessa foi tudo o que ela pediu. Mas não era uma promessa qualquer. Será o Alec capaz de cumprir o prometido? Mesmo que isto signifique perder a Beth para sempre?

"Aquisições" Agosto

Este post andava perdido por aqui