Avançar para o conteúdo principal

"O Que Eu Penso De" Wanted

Capa:



















Sinopse:
Verbally abused by her mother for years, 18 year old Ellie Johnson always believed she would never be loved or wanted by anyone. She focused all of her attention on her grades and getting into the University of Texas to start a new life away from her mother.
The last thing Ellie expected was to fall in love with Gunner Mathews, a starting linebacker for the University of Texas football team and not to mention, her brothers best friend.
Gunner only had two passions in life, football and his grandfather’s ranch, until he falls for his best friends little sister. He will stop at nothing to show Ellie how much he wants her, even if it means he has to move faster than she would like.
Gunner knows they are meant to be together forever, but Ellie keeps denying her feelings out of fear of being hurt again.
Every time he gets close to winning her love, something pushes her away again. Will Ellie ever be able to let go of the past and let him into her heart and will Gunner be patient enough to wait for her?

Opinião:
Wanted foi uma óptima escolha para retomar as leituras no geral, as de inglês e em ebook no particular.
Esta história está cheia de ingredientes dos mais diversos, sendo 90% positivo.
A referência a músicas é um desses ingredientes, que apesar de serem demasiado bem programadas, fazem parte uma "banda sonora" que acompanha a história do inicio ao fim.
Os discursos são muito ao estilo da novela "Morangos com açúcar", cheios de mel, mas estando os personagens tão bem uns para os outros, derretemo-nos na mesma, apesar da lamechice.
O facto de se basear no romance de dois casais, ou até mais, torna tudo mais completo e variado. Assim acabou por não farta visto que todo o drama, brigas, passados dos quatro se misturam e nos dão algo que ler.
Um dos pontos negativos foram as asneiras. Não acho que haja necessidade de haver tantas, ainda por cima muitas das frases acabaram por ficar semelhantes, visto que as asneiras são sempre as mesmas. Além disso os personagens estão na casa dos primeiro vinte e isso a mim só fez com que parecesse que eram mal educados. Ponto.
De resto, gostei das descrições das relações sexuais. Estas foram poucas e por isso inocentes, estando de acordo com o resto da história. 
Adorei a dedicação de Gunner por ela. Penso que este personagem, entre os femininos e masculinos, foi o personagem mais apaixonado que eu já tive o prazer de ler. Boa Kelly Elliott! Ponto muito positivo, pois faz-nos desejar e ser desejadas, não especificamente por ele, mas como ele.
Os personagens secundários, como os pais destes quatro contribuiram para a "palha" do livro, mas gostei bastante da contribuição de Garrett e Emma. Claro que toda esta família é demasiado perfeita, tal como o final da história, mas qual era a piada se não houvesse um pouco de irrealidade e fantasia num romance destes?

Classificação:
4*

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Leituras de" Março

Ao contrário de Janeiro, Março começou mal com a leitura, ou desistência dela, de um livro sobre Ninfas.

Mas depois foi melhorando aos poucos. O que melhorou também foi o número de leituras, já que li mais que Janeiro e Fevereiro juntos. Mas tudo graças a Abbi Glines e a Colleen Hoover. Foi um mês de leituras fiéis a escritoras, onde me dediquei a elas.

Abbi Glines continua a fazer as minhas delícias mas ainda estou com esperanças de ler um de Colleen Hoover que me faça dar-lhe 5* e me conquiste a 100%.

As opiniões estão quase em dia, mas estou a deixar algumas para trás. Espero não me arrepender.


"No Momento em Português" Promete-me

Elizabeth Collins tinha tudo o que sempre sonhou. O emprego para o qual estudou, uma família que a adorava e um namorado que a amava. Foi com o pensamento de um futuro promissor, que o mundo da Beth desabou aos seus pés. Ela foi raptada, torturada e violada por 7 longos anos. Levada para um mundo de terror e sofrimento, foi forçada a anos de cativo, sem esperança. Mesmo tendo encontrado a sua liberdade, estará ela realmente livre? Irá ela conseguir viver num mundo onde os monstros de verdade existem? Ou será que o Alec Brenner a conseguirá salvar de seus demónios? Uma promessa foi tudo o que ela pediu. Mas não era uma promessa qualquer. Será o Alec capaz de cumprir o prometido? Mesmo que isto signifique perder a Beth para sempre?

"Aquisições" Agosto

Este post andava perdido por aqui