Avançar para o conteúdo principal

"Excertos" Leva-me para casa

Quando Ariel percebeu que estar debaixo de agua naquele corpo, mesmo que respirando graças a uma botija, nunca seria o mesmo, ela nunca seria a mesma, decidiu e actuou no mesmo momento - tirou o tubo que tinha na boca, fechou os olhos e deixou que o peso do seu corpo a levasse para baixo, para casa. Tinha tantas saudades.
Joshua, pelo canto do olho, notou movimento descendente, mas não precisava dos olhos para perceber o que o baque doloroso do seu coração avisava. Com toda a força, mexendo as pernas e batendo os pés, amaldiçoou a distância entre ele e Ariel e voou debaixo de água até ela. Em segundos, que lhe pareceram horas, segurou com firmeza e levou-os aos dois até à tona.
- Ariel!! Olha para mim!! - tinha conseguido chegar à superfície em tempo record, mas não o suficiente. Ela já tinha desistido.
- Ariel, por favor, fala comigo! - gritou-lhe. Abanou-a. Suplicou.
- Joshua - sussurrou ela finalmente, virando o rosto e encostando-lhe os lábios ao ouvido - leva-me para casa.

To be continued...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Leituras de" Março

Ao contrário de Janeiro, Março começou mal com a leitura, ou desistência dela, de um livro sobre Ninfas.

Mas depois foi melhorando aos poucos. O que melhorou também foi o número de leituras, já que li mais que Janeiro e Fevereiro juntos. Mas tudo graças a Abbi Glines e a Colleen Hoover. Foi um mês de leituras fiéis a escritoras, onde me dediquei a elas.

Abbi Glines continua a fazer as minhas delícias mas ainda estou com esperanças de ler um de Colleen Hoover que me faça dar-lhe 5* e me conquiste a 100%.

As opiniões estão quase em dia, mas estou a deixar algumas para trás. Espero não me arrepender.


"No Momento em Português" Promete-me

Elizabeth Collins tinha tudo o que sempre sonhou. O emprego para o qual estudou, uma família que a adorava e um namorado que a amava. Foi com o pensamento de um futuro promissor, que o mundo da Beth desabou aos seus pés. Ela foi raptada, torturada e violada por 7 longos anos. Levada para um mundo de terror e sofrimento, foi forçada a anos de cativo, sem esperança. Mesmo tendo encontrado a sua liberdade, estará ela realmente livre? Irá ela conseguir viver num mundo onde os monstros de verdade existem? Ou será que o Alec Brenner a conseguirá salvar de seus demónios? Uma promessa foi tudo o que ela pediu. Mas não era uma promessa qualquer. Será o Alec capaz de cumprir o prometido? Mesmo que isto signifique perder a Beth para sempre?

"Aquisições" Agosto

Este post andava perdido por aqui