Avançar para o conteúdo principal

O Que Eu Penso De... When He Was Wicked (Bridgertons, 6)

A Capa:
838131

A Sinopse:
'If God ever wanted to smite a sinner, he couldn't do better than Michael Stirling. Michael Stirling, Sinner. He could see it on a calling card. He'd have had it printed up, even - his was just that sort of black sense of humour - if he weren't convinced it would kill his mother on the spot. Rake he might be, but there was no need to torture the woman who'd borne him.' In every life there is a turning point. A moment so tremendous, so sharp and breathtaking, that one knows one's life will never be the same.
For Michael Stirling, London's most infamous bachelor, that moment came the first time he laid eyes on Francesca Bridgerton. After a lifetime of chasing women, of smiling slyly as they chased him, of allowing himself to be caught but never permitting his heart to become engaged, he took one look at Francesca Bridgerton and fell so fast and hard into love it was a wonder he managed to remain standing. Unfortunately for Michael, however, Francesca's surname was to remain Bridgerton for only a mere thirty-six hours longer - the occasion of their meeting was, lamentably, a supper celebrating her imminent wedding to his cousin.

A Opinião:
Mais uma vez, um obrigada à minha querida Cata que me disponibilizou estes maravilhosos livros que me satisfizeram da primeira à última página.
When We Was Wicked não ficou muito atrás dos cinco anteriores, como podem ver pela classificação em baixo. Mas ao contrário da história de Eloise que foi mais um 3,5 que um 4, este quase que chega ao 4,5, e porquê, perguntam vocês (ou não)? Porque eu tenho um fracão (fraquinho muito grande) por trios amorosos, principalmente se o terceiro elemento for um borracho-bff.
Pois é, Michael Stirling é um exemplo óptimo do meu personagem masculino num romance. Moreno, de olhos verdes/cinzentos (já não me lembro, mas não sou esquisita na cor), com um sentido de lealdade muito apurado e o típico bad boy que está mortinho (sonha com isso e tudo) que a mulher do melhor amigo olhe para ele com outros olhos sem ser de amiga. Ele aqui sofre imenso e ainda por cima a nossa Francesca gosta mesmo do marido e nem quando ele vai para os santinhos ela coloca os óculos e repara que o homem lindo e maravilhoso que a acompanha no luto está caidinho por ela. Enfim, o meu drama preferido *.*
Gostei também desta obra ser um antes e um depois. Quer dizer, já sabíamos que Francesca estava viúva, mas eu sempre me perguntei porque é que Julia Quinn não desenvolvia esta parte nos volumes anteriores. Sinceramente, esperava que o romance pré-morte fosse o assunto desta obra, afinal foi só 30%, mais ou menos, o que acaba até por torna-la muito mais sólida e com muito mais história. Aqui temos antes, inicio, meio e fim do romance entre Michael e Francesca.
Coisas menos positivas, foi talvez a incerteza de Francesca e a lealdade para com o falecido, tanto da parte dela como de Michael. Ok, percebe-se e até se eles se atirassem logo um ao outro estragava as personalidades impecáveis deles, mas penso que a autora exagerou um pouco ali no meio, esticando demasiado a massa e secando um pouco a história. A sorte dela, e a nossa, é que quando finalmente tudo se começa a resolver nós esquecemos o tal impasse e lemos When We Was Wicked com super-cola 3 nos nossos dedos e olhos.
Como é óbvio, recomendo!

A Classificação:
4*

Comentários

  1. Eeeee venho para aqui criar confusão e dizer que gostei muito mais do pré que do pós xD Team John (era esse o nome dele não era?) 4ever!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem vezes que não sou do contra -.-''

      Eliminar
    2. Deixa-me cá pensar... hum... não, não me lembro de nada =P

      Eliminar
    3. Nop. Tu insistes que ele te quer a ti, mas eu insisto mais no oposto eheh

      Eliminar
    4. Vendo por essa perspectiva...

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

"No Momento em Português" Conquistada até Terça

Judy Gardner: Judy acabou de se formar e está pronta para conquistar o mundo… isto se conseguir arranjar trabalho, claro. A sua esperança é passar de aspirante a arquiteta para famosa arquiteta o mais depressa possível, por isso muda-se para Los Angeles, para casa do seu famoso irmão, Michael Wolfe. Mas é difícil para Judy concentrar-se no trabalho quando o sedutor guarda-costas por quem ela se apaixonou no verão passado está sempre a aparecer no seu caminho. Rick Evans: Com o seu físico musculado, olhos verdes e sorriso fácil, Rick podia ter qualquer mulher que quisesse. Mas o antigo Marine que agora é guarda-costas só tem olhos para Judy e a sua maneira de ser impetuosa. Quando um marginal anónimo ataca Judy, Rick decide que nada o vai deter até encontrar o monstro que persegue a mulher que ele ama.

"As Nossas e as Outras" Conquistada até Terça

A Nossa:
A Outra:
Eu, pessoalmente, prefiro a nossa. Acho a outra demasiado acinzentada. Dá ideia de algo trágico.

"Desafio" Novos Autores 2018 - Terminado

Vamos lá tentar novamente os 25 Conseguido e ainda nem a meio do ano cheguei!

1- J.P. Delaney - A Rapariga de Antes - 02.01.2018
2- Monica Hesse - A Rapariga do Casaco Azul - 06.01.2018
3- Erin Morgenstern - O Circo dos Sonhos - 24.01.2018
4- Katie Cotugno - 99 Dias - 30.01.2018
5- Jodi Picoult - O Poder das Pequenas Coisas - 30.01.2018
6- Meredith Russo - Se Eu Fosse Tua - 02.02.2018
7- Gin Phillips - Reino de Feras - 04.02.2018
8- Chloé Esposito - Louca - 05.02.2018
9- Aleatha Romig - Traição - 12.02.2018
10- Daniel Cole - Boneco de Pano - 04.03.2018
11- Stephanie Garber - Caraval - 06.03.2018
12- Jami Attenberg - Quase Adulta - 12.03.2018
13- Anna Premoli - Deixa-me Odiar-te
14- Vi Keeland - O Prof - 01.04.2018
15- Estelle Maskame - Já Te Disse Que Te Amo? - 01.04.2018
16- Angie Thomas - O Ódio Que Semeias - 30.03.2018
17- Gillian Flynn - O Adulto - 11.04.2018
18- Brooke J. Sullivan - Em Sua Companhia - 16.04.2018
19- Tarryn Fisher - Nunca Nunca - 19.04.2018
20- W. Bruce Cameron -…