Avançar para o conteúdo principal

O Que Eu Penso De... Romancing Mr. Bridgerton (Bridgertons, 4)

A Capa:
1859053

A Sinopse:
Penelope Featherington has secretly adored her best friend’s brother for . . . well, it feels like forever. After half a lifetime of watching Colin Bridgerton from afar, she thinks she knows everything about him, until she stumbles across his deepest secret . . . and fears she doesn’t know him at all.
Colin Bridgerton is tired of being thought nothing but an empty-headed charmer, tired of everyone’s preoccupation with the notorious gossip columnist Lady Whistledown, who can’t seem to publish an edition without mentioning him in the first paragraph.

But when Colin returns to London from a trip aboard, he discovers nothing in his life is quite the same, especially Penelope Featherington, the girl haunting his dreams!
And when he discovers that Penelope has secrets of her own, this elusive bachelor must decide . . . is she his biggest threat, or his promise of a happy ending?

A Opinião:
Inteligente da parte de Julia Quinn fazer um breve sumário e rever todas as referencias a Penelope dos livros anteriores. O facto de ter continuado a partir do último acontecimento entre Penelope e Colin foi muito bem feito também.
Gostava que os POV’s de Colin fossem mais frequentes ou então que em certos momentos tivesse sido ele a contar, assim acho que se acabou por perder certas emoções que a personagens masculina poderia transmitir.
Infelizmente o Colin desta história não se assemelhou em nada aos Colins dos outros livros. Isto já não é a primeira vez que me acontece numa saga, e infelizmente é sempre algo negativo. Não gostei particularmente dos ataques de fúria dele, principalmente por ele magoar (pouco, mas magoou) a Penelope. A boa disposição dele e as piadas pouco se viram/leram e por isso tudo me pareceu estranho.
Em contrapartida a mudança de Penelope foi muito positiva, apesar de estar à espera, também, de uma mudança física mais significativa.
Afinal o patinho feio não virou cisne. Continuou… pata.
O assunto de Whistledown acabou também por saturar a história e nem mesmo quando ela foi descoberta e gerou toda aquela prova de amor me senti mais satisfeita, o que é pena, porque estava à espera que este quarto volume fosse o meu preferido… ou pelo menos tão viciante como os outros.
Poderei culpar o facto de estar em inglês ou ser livro de bolso. Mas quando a versão portuguesa sair irei reler e aí tiraremos as teimas.
De qualquer forma, adorei rever toda a família Bridgerton e as aquisições mais recentes, incluindo a Sophia, o Simon e a Kate. Acho que estes é um dos melhores pontos numa saga comprida, o facto de acompanharmos indirectamente o desenvolvimento dos casais “resolvidos”.
PS – Obrigada à Cata pelo empréstimo =)

A Classificação:
4*

Comentários

Mensagens populares deste blogue

"Desafio" Novos Autores 2018 - Terminado

Vamos lá tentar novamente os 25 Conseguido e ainda nem a meio do ano cheguei!

1- J.P. Delaney - A Rapariga de Antes - 02.01.2018
2- Monica Hesse - A Rapariga do Casaco Azul - 06.01.2018
3- Erin Morgenstern - O Circo dos Sonhos - 24.01.2018
4- Katie Cotugno - 99 Dias - 30.01.2018
5- Jodi Picoult - O Poder das Pequenas Coisas - 30.01.2018
6- Meredith Russo - Se Eu Fosse Tua - 02.02.2018
7- Gin Phillips - Reino de Feras - 04.02.2018
8- Chloé Esposito - Louca - 05.02.2018
9- Aleatha Romig - Traição - 12.02.2018
10- Daniel Cole - Boneco de Pano - 04.03.2018
11- Stephanie Garber - Caraval - 06.03.2018
12- Jami Attenberg - Quase Adulta - 12.03.2018
13- Anna Premoli - Deixa-me Odiar-te
14- Vi Keeland - O Prof - 01.04.2018
15- Estelle Maskame - Já Te Disse Que Te Amo? - 01.04.2018
16- Angie Thomas - O Ódio Que Semeias - 30.03.2018
17- Gillian Flynn - O Adulto - 11.04.2018
18- Brooke J. Sullivan - Em Sua Companhia - 16.04.2018
19- Tarryn Fisher - Nunca Nunca - 19.04.2018
20- W. Bruce Cameron -…

"No Momento em Português" O Tintureiro Francês

Nos finais do séc. XVIII, o Marquês de Pombal viu-se a braços com um fracasso na sua política de regeneração industrial: a Real Fábrica de Panos, a menina dos seus olhos, apesar de todos os esforços e despesas não consegue produzir tecidos com a qualidade dos importados. Decide então convidar um tintureiro francês para vir a Portugal ensinar essa grande arte que, à época, fazia a riqueza e o prestígio das nações europeias. O artista eleito foi o polémico Stéphane Larcher, que mal chega começa a revolucionar práticas e comportamentos. Um ano depois, cores nunca vistas vêm à luz e tecidos até então desconhecidos brilham em todo o seu esplendor. Ao partilhar a sua arte secreta com os portugueses, Stéphane sabia estar a arriscar a vida, a reputação e a fortuna. Mas ninguém o avisou que também comprometia fatalmente o próprio coração.

"No Momento em Português" Conquistada até Terça

Judy Gardner: Judy acabou de se formar e está pronta para conquistar o mundo… isto se conseguir arranjar trabalho, claro. A sua esperança é passar de aspirante a arquiteta para famosa arquiteta o mais depressa possível, por isso muda-se para Los Angeles, para casa do seu famoso irmão, Michael Wolfe. Mas é difícil para Judy concentrar-se no trabalho quando o sedutor guarda-costas por quem ela se apaixonou no verão passado está sempre a aparecer no seu caminho. Rick Evans: Com o seu físico musculado, olhos verdes e sorriso fácil, Rick podia ter qualquer mulher que quisesse. Mas o antigo Marine que agora é guarda-costas só tem olhos para Judy e a sua maneira de ser impetuosa. Quando um marginal anónimo ataca Judy, Rick decide que nada o vai deter até encontrar o monstro que persegue a mulher que ele ama.